23 de Agosto de 2019 | 14:58:49

23 de Agosto de 2019 | 14:58:49

13/08/2019 | Especiais / Agronegócio

Regional Barretos atinge 87,18% da vacinação contra brucelose

A imunização é obrigatória desde 2002 em todo o Estado de São Paulo

Regional Barretos atinge 87,18% da vacinação contra brucelose


Divulgação

Ampliar foto

O Escritório de Defesa Agropecuária de Barretos atingiu 87,18% da vacinação contra brucelose  de fêmeas bovinas, o que corresponde a 5.079 animais. A regional de Andradina imunizou 20.390; Araçatuba chegou a 13.962; Araraquara vacinou 5.560 animais  e Assis atingiu 10.456. Também estão acima dos 90%  Catanduva com 96,69%; Dracena com 99,37%, General Salgado que contabiliza 99,15%; Guaratinguetá 99,20%; Jales (99,84%); Jaú (98,98%);Marília (99,76%); Tupã (99,87%) e Votuporanga (99,80%).

Fernandópolis conseguiu imunizar 100% do rebanho totalizando 9.693 animais. Em todo o Estado, no total  468.999 fêmeas bovídeas, com idade entre 3 a 8 meses, registradas no sistema Gedave durante o primeiro semestre de 2019, 465.554 eram bovinas, com índice de vacinação de 95,63% e 3.445 eram bubalinas, com índice de 93,27% de vacinação.

A brucelose é uma doença infectocontagiosa causada pela bactéria Brucella. Nos bovinos pode causar aborto; nascimento de bezerros fracos; retenção de placenta; repetição de cio e descargas uterinas com grande eliminação da bactéria, além de inflamação nos testículos, causando prejuízos econômicos aos criadores.