23 de Setembro de 2019 | 17:09:35

23 de Setembro de 2019 | 17:09:35

17/08/2019 | Opinião / Crônica do Dia

Caro presidente

Por Luiz Antonio Monteiro

Barretos aguarda a visita do pre­sidente Jair Bolsonaro. O recado que Barretos tem para o chefe da nação é de acolhida, convidando para uma montaria na arena do Parque do Peão, uma visita ao Hospital de Amor e uma agradável Queima do Alho. A festa recebeu presidentes com enorme ele­gância, sempre com respeito e aten­ção. A festa - caro presidente - tem um segredo e uma mística, uma ener­gia fascinante e um encanto forte.

O rodeio está ligado às raízes rurais, a demonstração de coragem e agilidade, num alerta a entender que o bicho é pesado, a luta é bruta, mas a inteli­gência, o equilíbrio e a habilidade são os fatores fundamentais.

Oito segun­dos são eternos na viagem e rápidos no pensamento. Assim como não se doma burro xucro com conversa mole, não se vence o câncer nem a corrup­ção com promessas frágeis. Ao deixar Barretos e retornar a Brasília, leve um pouco da poeira que mostra o valor da terra, a beleza do esporte e o tom da esperança que vem lá do sertão.