14 de Outubro de 2019 | 01:26:02

14 de Outubro de 2019 | 01:26:02

14/09/2019 | Esporte / Outras Modalidades

Ciclistas encaram desafio de pedalar mais de 300 km

Grupo barretense trilhará caminho entre Águas da Prata e Aparecida

Ciclistas encaram desafio de pedalar mais de 300 km

PEBALÁTICOS: Grupo de ciclistas recebeu a benção do padre Davis antes de viajar
Tininho Junior

Ampliar foto

Um grupo de 14 barretenses aceitou o desafio de trilhar o Caminho da Fé – entre Águas da Prata e Aparecida – de bicicleta. Serão 13 ciclistas e um motorista no carro de apoio ao longo de praticamente 320 km. Esta é a primeira vez que todos eles farão o caminho em grupo, já que quatro deles já conhecem de outra viagem. Intitulado como “Pebaláticos”, eles se reúnem frequentemente para andar de bicicleta nas ruas da cidade e região. Após seguirem de carro até Águas da Prata, os ciclistas começam a pedalar hoje com previsão de chegada em cinco dias na cidade destino, onde assistirão a uma missa no Santuário Nossa Senhora Aparecida.

Segundo o professor José Roberto Girardo, os integrantes são movidos pela fé e também pelas metas pessoais. “É um desafio e uma mudança de hábito de vida, com relação a alimentação e prática do esporte”, contou. Já o funcionário público Hermes Lucas disse que o trabalho exigirá paciência e força de vontade. “Mais do que andar de bicicleta, você precisa ter a cabeça boa para completar o percurso. Uns vão por fé, outros por turismo e alguns para superar desafios”, explicou. O grupo irá acompanhado de uma van que terá suplementos de alimentação, água, além de equipamentos para suporte às bicicletas.

Antes de iniciar a viagem, o grupo recebeu a benção do padre Davis Pedott. “A verdadeira peregrinação é a que fazemos até o céu. Essas pequenas são só para buscar a grande, que é um dia entrar na casa de Deus para sempre. E que Deus abençoe a todos”, desejou.