20 de Outubro de 2019 | 06:46:38

20 de Outubro de 2019 | 06:46:38

15/09/2019 | Opinião / Crônica do Dia

A dor em família

Por Luiz Antonio Monteiro

Toda família enfrenta momentos de dor. Ora é a perda, ora a doença, uma crise de depressão ou financeira. A família está cercada pelo risco da dependência, da violência. A dor de um irmão afeta cada um e a todos na família. Cada problema é um chamado de Deus a "fé, esperança e amor" de modo pessoal, direto e objetivo. O sofrimento é oportunidade de maior conversão. A graça é a própria ação e presença de Deus que age no coração humano. A conversão não é apenas um simples querer, mas uma graça.

O momento é portanto  chamado de Deus à sabedoria, para se colocar na mão divina nossa fragilidade. O sofrimento aparece então como ato interior de adesão, orando para que seja feita a vontade de Deus, fazendo a sincronia do querer ser de Deus com o esforço pessoal de caminhar firme sob a proteção da ação poderosa e misericordiosa divina. Um chamado a amar mais a Deus e ao irmão.