14 de Outubro de 2019 | 17:45:49

14 de Outubro de 2019 | 17:45:49

20/09/2019 | Cidade / Cidade

Queimadas urbanas resultam em 174 multas de janeiro a setembro

Barretos deve registrar novamente temperaturas de 40 graus no final de semana

Queimadas urbanas resultam em 174 multas de janeiro a setembro

PREJUÍZO: Queimadas urbanas são mais frequentes em períodos de seca
Tininho Junior

Ampliar foto

As multas relaciona¬das às queimadas urba¬nas somaram 174 desde o início do ano em Bar¬retos. O número já é maior que todo o ano de 2018, segundo a  secretaria municipal de Agricultu¬ra e Meio Ambiente. As multas variam de acordo com o tamanho da área poden¬do chegar até R$ 3 mil, sendo dobrada em caso de reincidência. O secre¬tário Marco Antonio de Carvalho orienta para os proprietários limparem terrenos e não colocarem fogo em folhas secas.

DENÚNCIAS: As informações sobre queimadas urbanas po¬dem ser encaminhadas com foto para o e-mail smambarretos@barre¬tos.sp.gov.br, na página do Facebook (Secretaria Municipal de Agricul¬tura e Meio Ambiente de Barretos), ou através de denúncia pelo fone 3324-1011, das 7 às 17 horas. Outra oportuni¬dade é entrar em contato com a ouvidoria do mu¬nicípio pelo 3325-6332. Pelo aplicativo eOuve, a denúncia pode ser feita por fotos inclusive com a possibilidade de acom¬panhamento do caso.

TEMPERATURA: Dados da Defesa Civil apontam que Barretos deverá novamente registrar temperaturas de 40 graus no final de semana. As mínimas devem atingir os 23 graus amanhã e 24 graus no domingo. O secretário de Defesa Civil, Manoel Messias, disse que o  alerta para secretarias suspenderem atividades físicas até as 17 horas deve ser prorrogado. A região administrativa de Barretos, que compreende 19 cidades, tem registrado entre 12% e 13% de umidade relativa do ar.

ALERTAS: A Defesa Civil recomenda suspender exercícios físicos e trabalhos ao ar livre das 10 às 16 horas; evitar aglomerações em ambientes fechados e usar colírio de soro fisiológico ou água boricada para os olhos e narinas e beber muita água.