Esqueci minha senha
Criança morre em acidente de trânsito em Barretos

luis.nascimento - 26 de junho de 2024

Criança morre em acidente de trânsito em Barretos (Foto: O Diário de Barretos)

Criança foi levada até a Base do SAMU onde foi constatado o óbito

Compartilhar


Um menino de apenas 3 anos morreu no final da tarde de quarta – feira (26) em Barretos.

A Polícia Militar foi acionada para atendimento da ocorrência, a principio apurou que a criança teria sido vítima de um atropelamento na rua Ibrahim Mohamed no bairro Zequinha Amêndola (Barretos II) e que populares a levaram até a Base do SAMU, onde foi constatado o óbito.

Segundo informações, apuradas pela reportagem junto ao SAMU, a criança foi levada até a base por um casal, por volta das 16h55 e chegou em parada cardiorrespiratória, com traumatismo craniano e fratura de tórax do lado direito.

As equipes iniciaram manobras de RCP (Ressuscitação Cardiopulmonar), e permaneceram tentando reanimação por cerca 20 minutos, porém, foi constatado o óbito.

Consta que após a constatação da morte, a mãe da criança chegou na Base do SAMU e acompanhou o encaminhamento do corpo até Morgue da UPA.

OCORRÊNCIA

O caso foi apresentado no Plantão Policial, por volta das 19h40 de quarta-feira.

Os policiais militares Toge e Maximiano informaram que estavam em patrulhamento preventivo, quando foram acionados para atendimento de uma ocorrência de atropelamento tendo como vítima o menino de apenas 3 anos, que havia dado entrada na UPA com politraumatismo craniano, sendo constatado o óbito.

Na unidade de saúde, foram informados de que o fato ocorreu na rua Ibrahim Mohamed e que uma menina de 8 anos, irmã da vítima, teria aberto o portão da residência.

O menino correu para rua, e foi atropelado por um veículo Ford Royale dirigido pelo autor de 63 anos.

O condutor do carro, que reside próximo dali,  estava chegando do trabalho, e não teria visto a criança.

Um homem que estava responsável pelo menino, naquele momento, pegou a criança e a levou até a Base do SAMU no mesmo bairro.

O motorista disse que depois da criança ser sorrida, ficou em casa aguardando os procedimentos.

Durante o registro da ocorrência, ele apresentou-se espontaneamente acompanhado de um advogado.

O delegado Rodrigo Souza Ferreira determinou o registro do caso como homicídio culposo na direção de veículo automotor, devendo ser instaurado um inquérito policial pela Central de Polícia Judiciária para ser apurar as causas do acidente.