Esqueci minha senha
Presidente não fala!

gustavo.molejo - 11 de julho de 2024

Presidente não fala!

Mario Luiz RibeiroAdvogado, professor universitário, Mestre e Doutor em Direitoe-mail: [email protected]

Compartilhar


Talvez uma das lições mais difíceis de se aprender quando se preside um órgão ou uma Nação é saber separar a visão pessoal e o interesse da instituição ou Estado que se representa.

Muitos, no Brasil e no mundo, de hoje e do passado, deveriam saber apreciar o conselho de Marco Maciel, falecido vice-presidente do Brasil, quando afirmava que, na política, o deputado e o senador fazem discurso; o Presidente, pronunciamento.

Existe um artigo fantástico de Nelson Saldanha, chamado “O jardim e a praça: ensaio sobre o lado “privado” e o lado “público” da vida social e histórica” e nele o autor, de forma que quase poética, define bem a necessidade que temos de separar aquilo que é particular, no texto tratado como o jardim de casa e, de outro lado, das grandezas e proporções de uma praça, sendo aquele um espaço público.

Um Presidente não pode destratar pessoas, porque o povo que governa pensará que poderão destratar pessoas também.

Um Presidente não pode torcer para time de futebol, pois ao usar uma camisa ele diminui os outros esportes e outros times, o que se torna uma postura excludente.

Um Presidente não pode falar de um povo e tomar partido em uma guerra em que não seja parte, porque jamais conseguirá interpretar os sentimentos opostos.

Também não pode falar sobre Medicina, Economia, Direito, Engenharia, História, dentre tantos campos que se têm tentado dar pitacos inconvenientes. Existem técnicos para isso.

Por isso, no meu modesto entendimento, um Presidente não pode falar o que pensa, porque ele não é simplesmente ele. Ele é uma Instituição. E quando abre a boca está falando por todos que ele representa, seus eleitores e adversários.

Enfim, um Presidente deve se pronunciar sobre a Praça, mas nunca falar do seu Jardim. Talvez, quando ele terminar sua gestão e se afastar do cargo, poderá tomar conta de seu jardim e ali fazer o que quiser!

Pena que, por aqui, todos os últimos fizeram diferente!

Mario Luiz Ribeiro

Advogado, Doutor em Direito e professor

e-mail: [email protected]